segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Sobrevivemos so' por causa dos Fins de semana

Voltando de Chicago downtown de trem e milhoes de coisas passando na minha cabeca.
Questoes sobre a vida que nao sei responder, tbm nao sei se ha resposta...
Como eu vim parar aqui onde estou hoje?

De repente me vem a nostalgia, aquelas lembrancas gostosas de estar com os amigos tomando um sorvete depois da escola...as epocas de zueira...que saudade!
Estar aqui eh mto bom, uma oportunidade q milhares gostariam de ter mas nao teem. Eu nao reclamo por estar aqui hoje, mas aprendi a dar muito mais valor as coisas boas da vida e as pessoas importantes que passam por ela.
No meu ponto de vista, so aprende a dar valor a estas coisas quem sai de casa. Nao querendo dizer que quem esta em casa nao da valor, de forma alguma.
Mas estar aqui, longe de todos...Como eu amo muito mais minha familia e meus amigos por isso...Os mesmos que me deram forca pra vir, que sem saber estavam me encaminhando pra uma licao de vida inesquecivel e imcomparavel...

Uma das coisas mais importantes que aprendi aqui e que, trabalho e' trabalho, familia e' familia...Lazer nao e' trabalho e trabalho nao e' lazer.
Da pra misturar os 2...no way!

Agora eu entendo pq tantas meninas que estao aqui no segundo ano estao cansadas, fatigadas...Nao da pra misturar as duas coisas, nao mesmo.
Essas meninas, incluindo eu estao cansadas, porque o unico momento de lazer realmente que elas teem sao qdo elas estao fora de 'casa'-do ambiente de trabalho. Estar dentro de casa eh estar no trabalho. Sobrevivemos de fim de semana, nossos finds de semana nos ajuda a aguentar a barra.
Hahaha!
E meio confuso tudo isso, eu sei. So vivendo na mesma pele pra saber. Mas o meu ponto e o seguinte: Apesar da minha vida cheia de stress em Sao Paulo, eu pegava o onibus e ia pra casa. Chegando na minha casa nao tinha mais gerente, nao tinha mais supervisor, nao tinha patrao. Era apenas a minha casa, com a minha pequena familia. Eu podia fazer o que quiser, inclusive falar mau do patrao! (Oque nao vem o caso aqui :p)

Se eu admirava as meninas que vem pra ca e suportam tudo sozinhas....Agora eu passei a admirar mto mais aquelas que ficam 2 anos inteirinhos...ou mais!
Por melhor que a host family seja, qdo se passa a viver todo santo dia, uma hora cansa. Minha hora chegou agora.
Nao deixo de me dedicar a eles menos...Mas ja nao tenho mais todo aquele vigor que eu tinha na primeira vez que pisei meus pes nas terras do tio Sam.
Eu conto em contagem regressiva o dia que eu voltar pra minha casa e dizer: "Depois de 2 anos, estou finalmente de ferias!"

Oque estou vivendo agora esta me ajudando mto a crescer como pessoa, amadurecer...
Ainda nao cheguei no apice do possivel amadurecomento aqui, mas to quase la.

Ha 2 anos atras nem imaginava estar onde estou agora.
Poderia ter sido diferente? Poderia sim...
Mas eu decidi vir, eu fiz o meu destino! A culpa e toda minha! :)
Tenho orgulho de dizer isso. Eu dei um dos maiores passos da minha vida, e ninguem e' mais responsavel por isso do que eu.

Deus me deu a forca de seguir em frente. Continua sempre comigo, ao meu lado. Me ajudou e me ajuda sempre. 
Mas estou aqui porque eu decidi estar...